As Armas das Vítimas - Um novo prisma sobre o Direito Internacional humanitário e dos conflitos armados

Autor(es): Francisco da Silva Leandro


Páginas: 374
Editor: Edições Cosmos
Coleção: Coleção Atena
ISBN: 9789728471927
Idioma: Português


Sinopse
As Armas das Vítimas é uma obra que, no essencial, reflecte a tese de mestrado defendida em Abril de 2003, no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa e que pretende identificar as tendências da política do Direito Internacional Humanitário e dos Conflitos Armados, tendo como referência as operações militares de apoio à paz e as operações militares de apoio à evacuação de não combatentes.
As Armas das Vítimas nasceu da fervura dos minutos que se seguiram às 20h 55m (hora local), naquele dia 25 de Maio de 1995. Desses momentos, resta-me o silêncio de ter feito parte daqueles a quem um ideal motivou, um dia, a deixar tudo o que se tem de melhor, na esperança de que os nossos filhos nunca venham a compreender o verdadeiro valor da paz. A memória das 72 vítimas da tragédia de Tuzla (Bósnia-Herzgovina), cujas exéquias nocturnas reduziram-nas à condição de indignas é hoje, apenas um pedaço do silêncio perene e ecuménico, que se junta ao lamento brutal da barbárie de Srebrenica e que colocou para sempre, na minha memória, as sombras turvas das 7412 vítimas que deixámos à porta do inferno naquele mês de Julho de 1995. “Cenas infernais, inscritas sobre as páginas mais negras da história da humanidade”. Tudo começou, com estas palavras:
“Do not expect that I address you in a diplomatic language in the most painful moment in the history of this town. Tonight parents of Tuzla were collecting parts of their children bodies on the streets of Tuzla. Their children had left their homes a few hours earlier, with the belief in better future. You should know, that at this moment when the pain is all over Tuzla, there is no any dilemma any more – United Nations who should be the protector of the world peace and basic human value with its not acting participated in this crime.”
Comunicação ao Conselho de Segurança das Nações Unidas do Presidente da Câmara da Cidade de Tuzla no Nordeste da Bósnia-Herzegovina, Selim Beslagic, em 25 de Maio de 1995.
As Armas das Vítimas apresenta-se como um contributo para a dignificação do ser humano no caso de uso da força militar, de modo a aprofundar o equilíbrio entre uma ordem pública internacional de cariz humanitário e o imperativo determinado pela consciencialização da universalidade da tutela dos seres humanos, equilíbrio este que constitui um valor que é hoje reconhecido como do interesse da humanidade.

×
×
×

dsgag

×
×
×
×